Pontos Turísticos em Curitiba Segundo o Site Guia da Copa 2014

By | July 12, 2011

  Sob o slogan de “cidade qualidade de vida”, a capital apresenta uma ótima infra-estrutura para seus moradores e visitantes, bem como opções de lazer variadas para todas as épocas do ano.
  Lindas paisagens e uma forte valorização cultural caracterizam os principais pontos turísticos que compõem a metrópole.
  Abaixo, alguns pontos turísticos de Curitiba:
  Pontos Turísticos em Curitiba Segundo o Site Guia da Copa 2014
  

Lazer em família e compras podem ser feitos no Mercado Municipal da capital, que conta com boas lojas e ótimos restaurantes.



A feira de domingo que acontece semanalmente do Largo da Ordem é ideal para aquisição de souvenires e de produtos feitos por artistas locais. Para finalizar, um passeio mais tranquilo pelo Shopping Novo Batel ou pela Cinemateca permite aos turistas apreciarem filmes importantes em salas de cinema de estilo mais antigo, mas que conferem conforto e uma das melhores programações da cidade.

Jardim Botânico de Curitiba

Seu principal cartão-postal é o Jardim Botânico, visita obrigatória para aqueles que passeiam pela cidade pela primeira vez. Mais de cinquenta espécies de plantas e flores são encontradas em meio a uma suntuosa construção em vidro e metal que embeleza ainda mais esse jardim geométrico composto também por esculturas e trilhas.

Teatro Ópera de Arame



Outro ícone curitibano é o Teatro Ópera de Arame, o qual abriga a Pedreira Paulo Leminski e a Ópera de Arame, estrutura metálica com paredes transparentes, com capacidade para abrigar cerca 1600 pessoas, construída sobre um lago.

Parque do Tinguï em Curitiba

Para os dias de domingo, a melhor opção de passeio pela capital paranaense é dirigir-se para um dos inúmeros parques que compõem a região. Em diferentes pontos da cidade encontram-se bosques elaborados para homenagear seus principais colonizadores oriundos de países como Alemanha, Polônia, Ucrânia, Itália e Japão. O Parque do Tingüi, por exemplo, conta com um memorial ucraniano retratado na arquitetura da igreja principal da área verde que dispõe espaços para prática de esportes e comercialização dos pêssankas, artesanato típico da cultura ucraniana.

Bosque do Alemão de Curitiba

O Bosque do Alemão é mais um dos pontos turísticos próprios de uma das etnias formadoras da população local. Recomenda-se uma visita ao local após as 16h, quando o sol começa a baixar e graças à sua localização em um dos pontos mais altos da capital pode-se ter uma das mais lindas vistas da cidade. Uma réplica da Catedral de Bach é encontrada no bosque onde também é possível experimentar o legítimo apfelstrudel alemão.

Outros parques como o Tanguá e o Parque Barigui merecem uma visita. Neste último, recomenda-se ir com mais tempo, pois é bastante agitado.

Museu Oscar Niemeyer

Não se pode deixar de citar o Museu Oscar Niemeyer, mais conhecido como o Museu do Olho, no Centro Cívico, onde é possível conferir exposições de arte fixas e itinerantes, ou até mesmo fazer um piquenique ao ar livre, como é costume de muitos curitibanos.

Passeio de trem pela Serra do Mar

A localização geográfica da cidade de Curitiba permite ainda que seus visitantes façam um passeio em meio a Serra do Mar. Com 150 km de extensão, 14 túneis e 30 pontes a viagem de trem dura cerca de três horas e leva até Morretes, onde a dica é experimentar o barreado, prato tradicional da região feito à base de farinha de mandioca e carnes cozidas.

Templo das Musas

Em estilo grego clássico, inaugurada em 22 de setembro de 1918. É sede mundial do Instituto Neo-Pitagórico fundado pelo paranaense Dario Vellozo em 26 de novembro de 1909. Destina-se ao estudo, ao desenvolvimento das faculdades superiores do Ser, ao altruísmo, inspirado nos Versos de Ouro de Pitágoras, para a Cultura, para a Verdade, para a Justiça, para a Liberdade, para a Paz, para a Fraternidade e para a Harmonia. Possui biblioteca especializada e a consulta somente é permitida mediante hora marcada. Tel. (0xx41) 242-1840. Localiza-se na Rua Dario Vellozo, 460 – Vila Izabel.

Templo Budista Honpa Hongwandji

Inaugurado em 28 de abril de 1996, é o primeiro templo budista da cidade. Construído com recursos vindos do Japão e da comunidade local, o templo ostenta uma arquitetura moderna, porém guarda traços das edificações tradicionais japonesas. Suas instalações foram projetadas para sediar cultos, seminários, palestras e outros eventos. O Budismo teve sua base inicial na Índia no século V – A.C. sendo mais tarde levado à China e ao Japão e conta com aproximadamente 500 milhões de adeptos em todo o mundo, sendo que atualmente há 55 templos budistas no Brasil. No Paraná calcula-se que existam 10.000 adeptos, com templos também em Londrina e Maringá. Tel. (0xx41) 364-1782. Localiza-se na Rua Gilda Pitarch Forcadell, 155 Uberaba.

Mesquita Muçulmana de Curitiba

Também denominada de Mesquita de Al Imam Ali Ibn Abi Taleb, não possui detalhes tão complexos como as do Oriente, mas é considerado um prédio de grande semelhança. Construída em 1977, possui eventos expressivos, delineados pelos cinco pilares do Islam, que são as estruturas básicas da vida espiritual. Visitas para grupos, mediante prévia autorização. Tel. (0xx41) 222-4515 / 223-3134 (Sociedade Muçulmana). Localiza-se na Rua Kellers, 383 – São Francisco.

Museu Paranaense

Fundado em 1876, teve várias sedes desde sua fundação. até ser transferido para a Praça Generoso Marques. Informações tel. (0xx41) 304-3300. Localiza-se na Rua Kellers, 289 Horário de visitação: terça-feira a sexta feira das 10h às 17h, sábado e domingo das 11h às 15h.