Feira do Largo da Ordem a Maior de Curitiba

Nível de Interesse Turístico: 1 Imperdível

A Feira de Arte e Artesanato do Largo da Ordem, também conhecida como a Feirinha do Largo, é um espaço multicultural em um setor histórico da cidade. Freqüentada pelos curitibanos éum dos prazeres que nós não dispensamos pelo menos uma vez ou outra eé também um dos pontos mais procurados pelos turistas que visitam a cidade.

Lá todos os domingos, das 9h às 14 h, os visitantes encontram em 8 quadras mais de mil barracas com os mais diversos produtos. O artesanato inclui objetos de decoração, pinturas, livros, bolsas, bijuterias, lembrancinhas da cidade, roupas, entre outras especialidades. Você encontra de um simples imã de geladeira até móveis para casa em barracas super bonitas e organizadas, que hoje até já estão aceitando cartões como forma de pagamento.



Nas barracas de comidas, são destaques os acarajés, os pierogis, as empanadas argentinas, os tacos mexicanos, os docinhos artesanais, entre outros lanches.
Em 1974, a Feirinha no Largo da Ordem tinha como atividade principal o escambo, ou a venda de objetos de segunda mão. Neste local, os meninos da cidade trocavam seus gibis, o que é difícil de ver hoje em dia, mas a feirinha continua sendo o local ideal até mesmo para quem quer melhorar coleções de selos, moedas e realizar trocas.

A feirinha recebe a cada domingo uma média de 15 mil pessoas que percorrem o local. E mesmo quem não quer gastar dinheiro pode garantir um bom passeio pelo centro histórico da cidade, conferindo atrações como a Igreja da Ordem, o Memorial de Curitiba e a Casa Romário Martins (a qual se acredita ser a mais velha da cidade).

Se você quiser ver todas as coisas com tranqüilidade é sempre bom chegar cedo, pois a partir das 11 h, principalmente em dias de sol, fica muito cheio e meio complicado até de andar. Apesar da quantidade de pessoas o ambiente é limpo, seguro e agradável. Não tem feirantes e camelôs chatos querendo te forçar a uma compra, pois existem normas e deveres para poder se trabalhar nas feiras da cidade. Eles são todos cadastrados e a fila de espera para poder expor seus produtos é muito grande, devido ao tremendo sucesso que a feira é.

Logo após passear e fazer suas compras você pode sentar e almoçar em algum restaurante.

Veja todos os objetos vendidos na feira: Feira do Largo

Localização:



Largo da Ordem, São Francisco, Mateus Leme, Claudino dos Santos, Praça Garibaldi, João Cândido, Dr. Kellers.
Como chegar:

A pé: Como fica bem no centro você pode ir andando de vários lugares como: Centro Cívico, Passeio Público, Calçadão da Rua XV, Praças Ozório e Praça Tiradentes.

Carro: Os estacionamentos ficam nas ruas paralelas, alguns com passagens que dão direto na feira e custam em média R$ 12. Mas se der sorte e achar vaga pode deixar na rua mesmo e não precisa do cartão de Estar.

Ônibus Linha Turismo : Primeiro horário: 11h17 Último horário: 19h47.

Ônibus convencional: Linha Santa Cândida – Capão Raso estação Passeio Público, Linha Pinhais – Campo Comprido estação Visconde de Nacar, Bairro Alto – Santa Felicidade estação Praça Tiradentes.